Rússia supera Arábia Saudita como principal fornecedora de petróleo para China pelo 2° mês

A Rússia manteve-se em primeiro lugar como fornecedor de petróleo para a China, superando a Arábia Saudita pelo segundo mês consecutivo, enquanto as refinarias independentes recebiam mais volumes antes do primeiro lote de cotas expirar.

Arábia Saudita e Rússia, que disputam mais participação de mercado na China, disseram que apoiam uma extensão do corte de produção de petróleo até março de 2018 para conter um excesso da commodity e elevar os preços.

Turra assume a presidência do Conselho Empresarial Brasil-Rússia

São Paulo, 23 de maio de 2017 - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, assumiu a presidência do Conselho Empresarial Brasil-Rússia. A posse ocorreu durante encontro da X Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, nesta segunda-feira (22), em Brasília (DF).

Contando com o suporte do presidente da Câmara Brasil-Rússia, Gilberto Ramos, o Conselho tratará de oportunidades de negócios e questões de interesse comum aos dois países.

Brasil e Rússia debatem em Brasília comércio, cooperação energética, econômica e industrial

Representantes dos governos do Brasil e da Rússia e empresários dos dois países estarão reunidos nesta segunda-feira (22/05) em Brasília para uma ampla discussão sobre o momento atual e perspectivas futuras do intercâmbio bilateral que segue cada vez mais distante da meta estabelecida há alguns anos pelos dois países de levar o fluxo de comércio brasileiro-russo ao patamar de US$ 10 bilhões.

Rússia e Arábia apoiam redução da produção de petróleo até 2018

Os dois maiores produtores mundiais de petróleo, Rússia e Arábia Saudita, anunciaram em um comunicado conjunto que são favoráveis à ampliação do acordo de redução da produção até março de 2018. O anúncio aconteceu após um encontro em Pequim entre o ministro russo da Energia, Alexander Novak, e seu colega saudita Khaled Al-Faleh. A próxima reunião dos países membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) acontecerá em 25 de maio.

Ministro da Defesa e cônsul russo participam de desfile no Rio pelo Dia da Vitória

O ministro da Defesa, Raul Jungmann e o cônsul geral da Rússia no Rio de Janeiro, Vladimir Tokmakov estiveram hoje no Monumento em Homenagem aos Mortos da 2ª Guerra Mundial para as celebrações do 72º dia da vitória. A data marca o fim do confronto mais sangrento do séc. XX e contou também com a presença de veteranos.

Exclusivo: Jungmann confirma interesse da Rússia em acordos sobre Base de Alcântara

O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, falou com exclusividade à Sputnik Brasil sobre as perspectivas de acordos com Moscou no âmbito da aguardada visita do chefe do Estado Maior e do ministro da Defesa russo.

Jungmann participou do evento em homenagem aos mortos na Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (8) e comentou as perspectivas das relações entre Rússia e Brasil no setor de Defesa. O ministro confirmou o interesse da Rússia e de outros países como Israel e EUA em projetos conjuntos na utilização do Centro de Lançamento de Alcântara.

Putin: 'Não esqueçamos que liberdade da Europa e paz foram conquistadas pelos nossos pais'

A vitória da União Soviética sobre o nazismo ficará para sempre na história da humanidade como o triunfo da razão sobre a barbárie, disse o presidente russo Vladimir Putin durante o discurso tradicional na Parada Militar dedicada ao 72º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista.

"É nosso dever nos lembrarmos que a vitória foi alcançada à custa de vítimas enormes, insubstituíveis e que a guerra levou milhões de vidas", afirmou Vladimir Putin.

Putin aprova estratégia de segurança econômica da Rússia até 2030

O presidente russo, Vladimir Putin, aprovou a estratégia de segurança econômica da Rússia até o ano de 2030.

O documento, publicado no portal oficial das informações jurídicas, define os principais desafios e ameaças à segurança econômica da Rússia, visa prevenir crises na área das matérias-primas, na indústria, na esfera das tecnologias e no sistema financeiro.

A estratégia tem por objetivo garantir a soberania econômica da Rússia, a unidade de seu espaço econômico e as condições para implementar suas prioridades estratégicas.

Páginas