Moody's: PIB russo crescerá 1,5% em 2017 e 2018

A agência de classificação de riscos Moody's afirmou hoje que o Produto Interno Bruto (PIB) da Rússia terá um crescimento real de 1,5% neste ano e no ano que vem, à medida que a economia do país segue se recuperando de um período de recessão provocado pela queda no preço do petróleo e pelas sanções ocidentais.

"A Moody's prevê que o crescimento real do PIB será de 1,5% por ano em 2017 e 2018", diz o comunicado divulgado pelo serviço de investidores da agência.

Prefeito do Rio de Janeiro visita Moscou para conhecer processo de renovação da cidade

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, começou segunda-feira uma visita oficial a Moscou para entender o processo de renovação do centro da cidade.

Crivella conheceu um dos 127 centros de serviços de inovação da cidade. O local, parte dos esforços do governo local para desburocratizar serviços públicos, permitiu uma diminuição considerável no tempo de emissão de passaportes, títulos de propriedade, entre outros.

Rússia supera Arábia Saudita como principal fornecedora de petróleo para China pelo 2° mês

A Rússia manteve-se em primeiro lugar como fornecedor de petróleo para a China, superando a Arábia Saudita pelo segundo mês consecutivo, enquanto as refinarias independentes recebiam mais volumes antes do primeiro lote de cotas expirar.

Arábia Saudita e Rússia, que disputam mais participação de mercado na China, disseram que apoiam uma extensão do corte de produção de petróleo até março de 2018 para conter um excesso da commodity e elevar os preços.

Turra assume a presidência do Conselho Empresarial Brasil-Rússia

São Paulo, 23 de maio de 2017 - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, assumiu a presidência do Conselho Empresarial Brasil-Rússia. A posse ocorreu durante encontro da X Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, nesta segunda-feira (22), em Brasília (DF).

Contando com o suporte do presidente da Câmara Brasil-Rússia, Gilberto Ramos, o Conselho tratará de oportunidades de negócios e questões de interesse comum aos dois países.

Brasil e Rússia debatem em Brasília comércio, cooperação energética, econômica e industrial

Representantes dos governos do Brasil e da Rússia e empresários dos dois países estarão reunidos nesta segunda-feira (22/05) em Brasília para uma ampla discussão sobre o momento atual e perspectivas futuras do intercâmbio bilateral que segue cada vez mais distante da meta estabelecida há alguns anos pelos dois países de levar o fluxo de comércio brasileiro-russo ao patamar de US$ 10 bilhões.

Rússia e Arábia apoiam redução da produção de petróleo até 2018

Os dois maiores produtores mundiais de petróleo, Rússia e Arábia Saudita, anunciaram em um comunicado conjunto que são favoráveis à ampliação do acordo de redução da produção até março de 2018. O anúncio aconteceu após um encontro em Pequim entre o ministro russo da Energia, Alexander Novak, e seu colega saudita Khaled Al-Faleh. A próxima reunião dos países membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) acontecerá em 25 de maio.

Ministro da Defesa e cônsul russo participam de desfile no Rio pelo Dia da Vitória

O ministro da Defesa, Raul Jungmann e o cônsul geral da Rússia no Rio de Janeiro, Vladimir Tokmakov estiveram hoje no Monumento em Homenagem aos Mortos da 2ª Guerra Mundial para as celebrações do 72º dia da vitória. A data marca o fim do confronto mais sangrento do séc. XX e contou também com a presença de veteranos.

Exclusivo: Jungmann confirma interesse da Rússia em acordos sobre Base de Alcântara

O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, falou com exclusividade à Sputnik Brasil sobre as perspectivas de acordos com Moscou no âmbito da aguardada visita do chefe do Estado Maior e do ministro da Defesa russo.

Jungmann participou do evento em homenagem aos mortos na Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (8) e comentou as perspectivas das relações entre Rússia e Brasil no setor de Defesa. O ministro confirmou o interesse da Rússia e de outros países como Israel e EUA em projetos conjuntos na utilização do Centro de Lançamento de Alcântara.

Páginas