China investe U$9 bi na petroleira russa Rosneft; Glencore e Catar reduzem fatia

O conglomerado chinês CEFC comprará uma participação de 14,16 por cento na petroleira russa Rosneft por 9,1 bilhões de dólares, em negócio fechado junto a um consórcio entre a Glencore e a Autoridade de Investimentos do Catar, fortalecendo a parceria energética entre Moscou e Pequim.

A CEFC China Energy passou nos últimos anos de uma empresa de petróleo de nicho a um enorme conglomerado de energia. A transação permitirá que a China, segunda maior consumidora de energia do mundo, amplie sua cooperação com os russos, maiores produtores de petróleo do mundo.

O acordo acontece em um momento em que os Estados Unidos impõem uma nova rodada de sanções econômicas contra a Rússia, dificultando parcerias entre grandes empresas ocidentais, como a Glencore, e estatais como a Rosneft.

A Glencore disse em um comunicado que a CEFC comprará as ações da Rosneft com um prêmio de cerca de 16 por centro ante o preço médio ponderado pelo volume dos papéis nos últimos 30 dias, sem citar o valor. Um porta-voz da CEFC disse que a empresa pagará 9,1 bilhões de dólares pelo negócio.

O valor de mercado da Rosneft está em torno de 57 bilhões de dólares, e o acordo marca uma dos maiores investimentos já feitos pela China na Rússia.

A Glencore e a Autoridade de Investimentos do Catar vão manter ainda fatias de 0,5 por cento e 4,7 por cento na Rosneft, respectivamente.

Fonte: https://www.portosenavios.com.br/noticias/ind-naval-e-offshore/40478-china-investe-u-9-bi-na-petroleira-russa-rosneft-glencore-e-catar-reduzem-fatia?utm_source=newsletter_8322&utm_medium=email&utm_campaign=noticias-do-dia-portos-e-navios-date-d-m-y